meistudies, 3º Congresso Internacional Media Ecology and Image Studies - Democracia, meios e pandemia

Tamanho da fonte: 
Análise sobre a trajetória do Design Maker e o DIY nos games contemporâneos
Guilherme Cardoso Contini, Gabrielly Del Carlo Richene, Dorival Campos Rossi

Última alteração: 2020-11-07

Resumo


Ao considerar a frase “todos somos e nascemos Makers” (ANDERSON, 2012) como alicerce de uma cultura desenvolvida sobre as pautas do movimento maker, percebe-se o legado colaborativo que está intrínseco ao processo do fazer, mais especificamente ao Faça-Você-Mesmo (ou Do It Yourself). O potencial transdisciplinar fica ainda mais claro quando são analisados aspectos de projetos contemporâneos como os games. Partindo do princípio de que são as interconexões que desenvolvem a interação entre essas interfaces criativas, é indispensável analisar a trajetória do Design Maker como ponto de partida para detalhar as aplicações DIY em Games contemporâneos como o Super Mario Maker.


Palavras-chave


Design; Maker; Games; DIY;

Texto completo:

PDF