meistudies, 2o Congresso Internacional Media Ecology and Image Studies - O protagonismo da narrativa imagética

Tamanho da fonte: 
Fotografia e Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação: abordagens híbridas de ensino-aprendizagem
Ana Leticia Oliveira do Amaral, Berenice Santos Gonçalves

Última alteração: 2019-09-16

Resumo


A imagem fotográfica possui uma presença ubíqua na sociedade atual, na qual diversos aparatos capturam e compartilham milhões de imagens a todo momento no mundo (Hand, 2012; Santaella, 2014; Manovich, 2017). No início do século XXI, a prática fotográfica obteve um significativo incremento das tecnologias digitais, onde as funcionalidades dos equipamentos tecnológicos ao se unirem potencializaram a mobilidade e a interatividade dos conteúdos, mudando as relações sociais, tecnológicas, econômicas e industriais. Tais mudanças podem influenciar os modos de aquisição do conhecimento no que se refere à formação de profissionais, principalmente designers, que utilizam a fotografia como um recurso constante. Além disso, a fotografia tem uma utilização fundamental e extensiva no estudo de diversas áreas do conhecimento (Rubinstein, 2009), possui uma estreita relação com as atividades do Design e constitui-se primordial à produção cultural contemporânea. Os modelos vigentes de educação estão temporal e espacialmente ultrapassados (Martín-Barbero, 2014), necessitando assim, que os processos de formação sejam revistos, dado que as tecnologias digitais da informação e da comunicação atravessam todas as atividades ligadas à educação (Wauters, 2013). Nesse sentido, o ensino da fotografia requer uma inovação constante para manter a sua relevância, visto que dificilmente, técnicas convencionais de ensino, envolvam as gerações que já cresceram em uma era digital (Newburry, 1997; Robbins, 2000; Fakri; Yusoff; Said, 2015; Zhang et al, 2013). Assim, considerando o contexto exposto, este estudo se propôs a identificar e analisar pesquisas sobre o ensino da fotografia no contexto de ensino superior, bem como, destacar, dentre as pesquisas encontradas métodos, técnicas e tecnologias que estão sendo utilizadas ou desenvolvidas para o ensino-aprendizagem dos conceitos de fotografia. Para atingir este objetivo, realizou-se uma Revisão Sistemática de Literatura de caráter amplo e exploratório. Este método adota um processo replicável, científico e transparente e se dá por meio de buscas exaustivas em estudos publicados em base de dados, assim como, fornece um registro das decisões, procedimentos e conclusões dos pesquisadores (Webster; Watson, 2002; Tranfield; Denyer; Smart, 2003; Levy; Ellis, 2006). Para esta pesquisa utilizou-se o método proposto por Sampaio e Mancini (2007), que descrevem o desenvolvimento da RSL em cinco etapas, a saber, (I) definir a pergunta, (II) buscar a evidência, (III) revisar e selecionar os estudos, (IV) analisar a qualidade metodológica dos estudos e (V) apresentar os resultados. A busca das evidências se deu em três bases de dados internacionais, sendo elas Scopus, Web of Science e ProQuest, utilizando-se a string de busca: (photograph* OR "photograph* education" OR "teaching photograph*" OR "photograph* technique*") AND ("higher education" OR undergraduate OR instruction). Como resultado final de referências obteve-se um total de treze (13) publicações, sendo sete (7) oriundas da base de dados Scopus, duas (2) da ProQuest e quatro (4) artigos que aparecem em mais de uma base. A partir dos resultados, percebeu-se que as estratégias desenvolvidas nas pesquisas encontradas se concentram em abordagens de ensino-aprendizagem híbridas (blended learning) para o ensino da fotografia e estão, essencialmente, concentradas em quatro eixos principais sendo: o desenvolvimento de materiais didáticos, de ambientes virtuais de aprendizagem, modelos instrucionais e a utilização de redes sociais. Contudo, na RSL realizada, não foram encontradas pesquisas que busquem utilizar tecnologias direcionadas a aplicativos mobile, realidade virtual ou realidade aumentada no ensino da fotografia. Dessa maneira, fica evidente que as pesquisas na área do ensino da fotografia necessitam buscar respaldo nos relatórios e iniciativas que apontam novas tecnologias para auxiliar no ensino da fotografia. Por fim, em concordância com as dificuldades encontradas no desenvolvimento dessa revisão, Marzal e Soler (2011) questionam as poucas investigações envolvendo os processos de ensino da fotografia em revistas científicas, considerando a utilização extensiva da imagem fotográfica em diversas áreas do conhecimento e a importância do letramento imagético e digital das pessoas, em vista da necessidade de se desenvolver competências em compreender mensagens visuais, assim como o ambiente midiático. Dessa maneira, indicam a necessidade de ampliação de pesquisas com essa temática.


Palavras-chave


ensino da fotografia; ensino superior; blended learning; revisão sistemática de literatura.

Texto completo: PDF