meistudies, 2º Congresso Internacional Media Ecology and Image Studies - O protagonismo da narrativa imagética

Tamanho da fonte: 
Contributos do Progressive Web Apps à Produção Audiovisual
Patricia Esteves Trindade, Letícia Passos Affini

Última alteração: 2019-09-30

Resumo Expandido (Entre 450 e 700 palavras)

INFORMAR SE PARTICIPOU DO CONGRESSO INTERNACIONAL COMERTEC


O artigo aborda a utilização da tecnologia Progressive Web Apps na produção audiovisual. O PWA faz parte da nova geração de aplicativos que combinam os benefícios de um aplicativo nativo com os modernos recursos da Web. O aplicativo desenvolvido com o PWA emerge a partir de uma página web simples, que “roda” em navegador mobile e, à medida que o usuário interage com a aplicação, adquire, progressivamente, a aparência de um aplicativo e oferece funcionalidades que anteriormente só eram disponibilizadas por aplicações nativas, como instalação de um ícone na homescreen do dispositivo, notificações push, funcionamento offline, acesso a recursos como câmera, acelerômetro, gps, realidade virtual, entre outras. O PWA proporciona ao usuário uma experiência mobile de forma progressiva e não intrusiva, como também maior usabilidade, por oferecer os padrões de simplicidade característicos da web.

O Progressive Web Apps tem sido utilizado principalmente em aplicações mobile de e-commerce e redes sociais. Estudos de casos apresentados pela Google Developers demonstram que empresas como Lancôme, Twitter Lite, MakeMytTrip, Forbes, Mynet, Ola, OLX, Tinder, entre outras, estão migrando suas aplicações para PWA e obtendo resultados expressivos relacionados à taxa de conversão, tempo de carregamento das páginas, transferência de dados e engajamento dos usuários (https://developers.google.com/web/showcase/, acessado em 07 de julho de 2019).

A pesquisa Comscore aponta que os usuários consomem o dobro de minutos em dispositivos mobile, se comparado a desktop, e a plataforma de acesso dominante é o smartphone (COMSCORE, 2018). O tempo digital foi intensamente transferido para as plataformas móveis, e o conceito mobile first não é mais exclusivo dos negócios e consumidores de tecnologia e sim um padrão de um número crescente de usuários da internet que passam a maior parte do tempo digital em dispositivos móveis. A pesquisa revela também que setores como o de multimídia e o de visualização de vídeos estão revertendo tendências e estão convergindo para o mobile.

Com base nesse cenário, o trabalho tem por objetivo demonstrar a usabilidade dos recursos PWA na elaboração de um aplicativo mobile que dê suporte à produção audiovisual; será desenvolvido um protótipo que evidencie as funcionalidades e explore os conceitos e recursos disponíveis para esse tipo de aplicação. Como metodologia, realizou-se um estudo exploratório a partir de levantamento bibliográfico, com aportes teóricos sobre os conceitos, tendo como fonte mais expressiva os sites da Google Developers e de Tal Ater. Para a implementação do protótipo será utilizada a pesquisa experimental, que “Consiste essencialmente em determinar um objeto de estudo, selecionar as variáveis capazes de influenciá-lo e definir as formas de controle e de observação dos efeitos que a variável produz no objeto” (GIL, 2002. p. 48).  Por ser uma aplicação prática, deverá responder à seguinte pergunta da pesquisa: Quais são os contributos da PWA no desenvolvimento de aplicações móveis para a produção audiovisual? Para tal, o protótipo desenvolvido contará com duas fases: na primeira, serão desenvolvidos os itens essenciais para uma aplicação web progressiva e, na segunda, serão inseridos os recursos necessários à produção audiovisual.

Na primeira fase, já concluída, foram utilizadas técnicas de design responsivo, que consistem na estruturação do layout para que a aplicação se adapte a qualquer tipo de dispositivo, já que o PWA funciona em dispositivos móveis e em computadores, usando uma única base de código. O service worker foi implementado para pré-armazenar os recursos do aplicativo, necessários para executar e armazenar, em cache, os dados do tempo de execução, para melhorar o desempenho, ser rápido e proporcionar uma experiência offline. Para a aplicação ser instalada na homescreen do dispositivo foi utilizado o manifesto do aplicativo da web (app manifest), que é um arquivo JSON simples, que informa ao navegador sobre o aplicativo da web e como ele deve se comportar quando “instalado”. Foi possível verificar, nessa primeira fase, que as tecnologias e técnicas fundamentais, apoiadas nos conceitos do Progressive Web Apps, são viáveis. Trazem benefícios para os desenvolvedores, usuários e empresas por utilizarem linguagem de programação simples e abrangente, como HTML, CSS e JavaScript, e a portabilidade para outros navegadores e plataformas, com a disponibilização em diversos tipos e formatos de dispositivos, atrai o engajamento de novos usuários. Por ser uma tecnologia emergente e com recursos em constante aprimoramento, espera-se, na segunda fase, atender os objetivos propostos.

 

 

 

APRESENTAÇÃO


Palavras-chave


Progressive Web Apps; Audiovisual; Inovação Tecnológica

Texto completo:

PDF